21.8 C
Campo Grande
sábado, 29 de janeiro de 2022

Por que a maioria das pessoas não consegue dormir sem uma coberta

- Publicidade -

12/09/2019 18h33

Está muito calor lá fora, mas você não consegue dormir de jeito nenhum sem uma coberta ou um lençol. Esse fenômeno acontece com muitas pessoas e é natural. Portanto, fique tranquilo: não há nada de errado com você. A “culpada” por essa sensação é a temperatura corporal, que fica sensivelmente mais baixa quando chega a hora de dormir. Outros fatores também podem influenciar a necessidade de ter cobertura durante o sono, como a rotina com a qual o organismo está acostumado antes de adormecer.

“Quando vamos dormir, nossa temperatura cai alguns décimos de grau. Isso nos leva a ter uma sensação de frescor na primeira fase do sono”, explica o Dr. Francisco Javier Puertas, membro do Conselho de Administração da Sociedade Espanhola do Sono, ao jornal El País. É a maneira encontrada pelo corpo para conservar energia e utilizá-la em outras tarefas durante a noite para regular o organismo.

Portanto, a temperatura externa exerce pouca influência neste processo, já que a própria temperatura do corpo está mais baixa, provocando a sensação de frio ou desconforto. Outro fator para buscar um maior conforto é o que os especialistas chamam de “associações de início do sono”. São alguns rituais antes de dormir, como entrar debaixo das cobertas. O seu corpo, automaticamente, entende que aquilo é um sinal para cair no sono. A retirada desse processo pode provocar um sentimento de que está faltando alguma coisa.

O uso de cobertores também está associado a níveis mais altos de serotonina, neurotransmissor responsável pelo sentimento de calma, contribuindo para uma noite melhor de sono. Mas outros fatores também podem interferir no sono profundo – até mesmo o peso da sua cama box pode provocar uma estimulação de pressão profunda que ativa o sistema nervoso parassimpático, aumentando potencialmente os níveis de dopamina, outro neurotransmissor que estimula o humor.

Apesar de todas essas vantagens, o excesso de calor também pode causar justamente o efeito oposto. Quando a temperatura corporal já está elevada, utilizar um cobertor quente pode não ser uma boa ideia. “Quando você já está quente, aumenta ainda mais a temperatura e cria um forno a vapor na sua cama”, disse Ellen Wermter, enfermeira e porta-voz do Better Sleep Council, ao Huffington Post.

O resultado é uma noite mal dormida. Como o corpo precisa de uma temperatura mais baixa para saber que precisa descansar, o excesso de calor o faz querer ficar em alerta e não preparado para dormir. É por este motivo, inclusive, que algumas pessoas possuem dificuldade para dormir no calor e necessitam de outros recursos, como ventiladores e ar condicionado. E, mesmo que você adormeça, as chances de acordar durante a noite são muito grandes.

Mas há algumas dicas para contornar essa situação. Dormir apenas de roupa íntima, utilizar cobertores e lençóis leves e confortáveis ou usar um travesseiro refrescante no meio das pernas são algumas delas. O objetivo é proporcionar conforto térmico ao organismo, sem que ele se sinta com muito frio ou com muito calor.

Assessoria de Comunicação

Crédito: divulgação - Assessoria

Leia também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade-