18.8 C
Campo Grande

Saúde apresenta balanço de ações de Combate à Dengue em TL

- Publicidade -

Nesta quinta-feira (28), foram apresentadas as ações promovidas pelos Departamentos de Promoção da Saúde, Vigilância Epidemiológica e Endemias da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) durante a reunião do Comitê Municipal de Mobilização e Combate ao Aedes aegypti de Três Lagoas, que aconteceu na Associação Comercial.

A reunião tem como objetivo a discussão de propostas, ações e avaliação de resultados no enfrentamento à dengue e outras doenças relacionadas ao mosquito transmissor. O Comitê é composto por representantes dos setores público, privado e da sociedade civil de Três Lagoas.

Durante o encontro, a equipe do Departamento de Promoção da Saúde exibiu as ações realizadas em escolas com crianças, por meio de atividades lúdicas de orientações de como evitar a proliferação e o combate do Aedes aegypti.

A Vigilância Epidemiológica apresentou uma nova ferramenta para monitorar os casos notificados e confirmados da Dengue, trata-se de um sistema digital que faz o mapeamento por bairro com todos os dados relacionados à doença, que servirão de indicativos no combate da Dengue.

Foram apresentados também os dados estatísticos da Dengue, de janeiro até a data de hoje o Município já registrou 630 casos positivos, 930 negativos e 151 aguardando resultado.  Já foram visitados até este mês 12.640 imóveis e depósitos, destes 186 imóveis com registro de casos positivos e 204 depósitos positivos.

Um dado de extrema relevância é que, diferentemente do que a maioria das pessoas afirmam, o local onde se concentra o maior índice de foco do mosquito (até 90% dos focos), são nas residências, seguido do comércio e por fim nos terrenos baldios, explicou o presidente do Comitê o coordenador de Endemias, Alcides Ferreira.

Alcides alerta a população da importância de verificar os possíveis pontos de água parada, e evitar a proliferação do mosquito. “Basta tirar 10 minutos por semana para verificar pontos de água parada como recipientes do quintal, plantas e etc. Dessa forma, já conseguimos eliminar os focos”, comentou.

O coordenador de endemias ressaltou ainda que neste ano o Ministério da Saúde já antecipou que diversos estados e cidades, incluindo Três Lagoas, terão epidemia de Dengue e Chikungunya. “Se não nos mobilizarmos a situação será ainda pior”, finalizou.

Fonte: Prefeitura Municipal de Três Lagoas

Leia também

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -
- Publicidade-